André Dib

Fotógrafo


Fotógrafo desde 2002, André Dib produz reportagens para as principais revistas de natureza, esporte e turismo do Brasil e exterior. Participou de diversas expedições no País para registrar o modo de vida dos povos tradicionais e a riqueza natural de biomas como Cerrado, Caatinga, Pantanal e Amazônia. Apaixonado pela vida ao ar livre, André escalou algumas das principais montanhas brasileiras. Ascendeu aos 11 principais picos do País e às mais belas montanhas da América, como Aconcágua, Ojos del Salado, Illimani, Sajama, Parinacota, Cotopaxi entre outras. A natureza pulsante e a forma em que o ser humano se encaixa nela é o foco principal de seu trabalho, que não se restringe a paisagens, mas também a cenas cotidianas, e aos costumes e tradições de um mundo diverso em suas origens.

André ganhou diversos prêmios nacionais e internacionais com temas relacionados à natureza. Entre eles estão o ABB Photo Competition, em Zurique, na Suíça; dois prêmios FUNARTE, no Brasil; e dois Latino Americanos de Fotografia, presidido pelo fotógrafo da Magnum René Burri. Levou o primeiro prêmio no Festival Internacional de Filmes de Montanha, e foi finalista do prêmio HSBC de Jornalismo, com o tema sustentabilidade.

O fotógrafo trabalha também em projetos de livros. Clicou os cenários do livro Parques Nacionais Brasileiros, lançado pela Editare, em 2014, trabalhou no livro da E-Pharma, sobre saúde nos rincões do Brasil, lançado pela Auana Editora, em 2014, e atualmente trabalha no projeto do Livro Madeira-Mamoré, na Amazônia, ainda em fase de execução. A força das imagens capturadas "in loco" e o desafio de buscar inspiração em lugares isolados e de difícil acesso tornaram-se a marca da trajetória do fotógrafo. Seja a seis mil metros de altitude, nos escarpados picos andinos ou na umidade verde da Amazônia, a lente de Dib sempre consegue enquadrar algo mais vivo, mais atrevido, mais inédito, mais belo, mais significativo.